Orgânico, genuíno, ousado.
Um estilo. Uma vida.

Saber mais

Respiração, Alimento, Movimento

Um acompanhamento criado para vos ajudar na implementação de um estilo de vida personalizado com saúde. Baseado no meu modelo de saúde: respiração, alimento e movimento. É desenhado para cada pessoa, em função das suas necessidades, da sua história, dos seus objectivos.

“Sou responsável pela minha vida.”

A forma como nos vemos, a forma como vivemos, a forma como estamos inseridos no coletivo influencia a nossa saúde.

Podemos negar mas acabamos por ser responsáveis pela nossa saúde. Aquilo que fazemos e impomos ao nosso corpo, o estilo de vida que temos é denunciado nas disfunções e conflitos ou na saúde e sucesso que apresentamos.

Será esta uma frase fácil ou difícil de dizermos em voz alta? Parece pesado mas, na realidade, é leve. Nós somos o resultado das escolhas que fazemos. O nosso potencial relaciona-se com as escolhas que fazemos e com a forma como usamos a nossa liberdade. O que semeamos ontem, colhemos hoje. O que semeamos hoje, colheremos amanhã. A base de tudo é a forma como nos relacionamos.

O acompanhamento é feito através de uma consulta inicial (online) que tem por base, primeiramente, uma auto-avaliação e análise da minha parte apresentando os aspectos mais importantes a serem trabalhados. Esta tem por base analisar a forma como o corpo está a responder ao estilo de vida em vigor e induz estratégias que visam viver com mais saúde e menos envelhecimento celular.

Posteriormente, seguir-se-ão sessões de prática no tapete focadas na respiração, consciência corporal, toque, controlo motor, mobilidade e flexibilidade.

Mais do que curar-te, procura respirar saúde.

A base de tudo é a forma como nos relacionamos.


Várias situações desde que nasci me tinham mostrado que a responsabilidade era algo que me iria acompanhar toda a vida. No entanto, sempre considerei a responsabilidade pelos outros, o responder às expectativas dos outros e o despertar para mim própria, para o meu corpo, para a responsabilidade pela minha vida surgiu mais tarde, com vários avisos, os quais não findam sempre que me desvio desse caminho.

No final de 2014 procurei, pela primeira vez, ajuda para perceber o que se passava comigo, para começar a olhar para o que estava a fazer com a minha vida. Tinha 28 anos e sentia-me cansada semana após semana. As olheiras eram evidentes, a cara pálida, os ciclos menstruais completamente desregulados, as pernas super inchadas a partir do meio da tarde e pés constantemente frios, a barriga dilatada ao final do dia, o acne tardio inflamatório, a vontade de comer pacotes inteiros de bolachas ao fim da tarde, a comfort food como prato principal e a sensação de não me sentir plena. Era uma workaholic e a nível profissional tudo corria dentro de padrões normais mas o meu estilo de vida, o meu interior começou a dar sinais de que precisava de parar, respirar, ver os alimentos que estava a escolher e o corpo que estava a esquecer. Faltava uma metade de mim.
Comecei, assim, a procurar, estudar, fazer cursos e tratamentos para encontrar o que para mim faz todo sentido: A leve responsabilidade pela minha vida.

As nossas escolhas determinam o que somos. Se queremos ser confiantes temos que ter confiança no que sentimos que é o melhor para nós, sentir que nos estamos a tratar da melhor forma que podemos. O que de pior pode acontecer é chegarmos ao final da nossa vida com a sensação de que apenas usamos uma pequena parte de nós mesmos.

Em que consiste?

Através de uma auto-avaliação guiada e da análise de vários factores que determinam o nosso estilo de vida, é pedido o preenchimento de um questionário com várias questões. Com essas questões vão, por si só, aceder a vários aspectos das rotinas do nosso dia-a-dia que passam muitas vezes despercebidas. É importante que respondam a verdade.

São pedidas análises clínicas (as últimas e as anteriores), fotografias de rosto sem qualquer make-up, fotografia da língua, fotografia de corpo de frente e perfil. Podem ser pedidos outros pormenores como barriga, manchas ou cicatrizes em função do caso.

Toda a informação será guardada confidencialmente e não partilhada.

Após reunida toda a informação realizamos uma sessão via zoom para apresentação do achados.

O acompanhamento tem por base trabalhar com os três pilares do modelo de saúde: alimento, respiração e movimento. As sessões são individuais. Terás, também, um ebook para te acompanhar em toda esta jornada.

A “Relação com o Corpo” contempla ensino e aconselhamento de estratégias a adoptar no dia-a-dia, a manipulação de alimentos, gestão do diário alimentar e comportamental, o toque e auto-massagem, o trabalho essencial de respiração consciente, consciência corporal e controlo motor.

Ser saudável sabe bem.

Em que casos posso ajudar?

  • Quando se querem colocar como uma prioridade na vossa vida;
  • Auto-conhecimento do corpo, do seu potencial;
  • Melhorar a relação com o corpo, a forma como se tratam, como se vêem;
  • Potenciar o seu estilo de vida;
  • Anti-aging;
  • Dificuldades digestivas;
  • Dores em todo o corpo;
  • Distúrbios alimentares;
  • Fadiga geral, cansaço;
  • Ansiedade e ataques de pânico;
  • Insónias;
  • Barriga distendida (principalmente ao final do dia);
  • Sentirem-se saudáveis.

Marta Gomes

Dr.ª Marta Gomes

MSc em Fisioterapia Cárdio-Respiratória
Pós-Graduada em Medicina Chinesa

Precisas de ajuda?

Fala Comigo

Recebe artigos fresquinhos do blog

Subscreve a Newsletter